Recent Posts

Tradutor

Arquivo

domingo, 19 de novembro de 2017

0 comentários

Vida

Okay estamos de volta ao planejamento
Espere, como é feito mesmo?
Há passos a serem seguidos
Ou posso simplesmente seguir os meus instintos?

Estranho que ao deixarmos as pálpebras fechadas
Ignoramos um belo amanhecer 
Obstruímos nossos ouvidos com a poluição musical
Adentramos nos caminhos guiados pelos mestres das ilusões

Eis que a vida passa
Deixando com ela as marcas 
Talvez hoje deitado em seu quarto
Você reflita...Como estou vivendo-a?

Os medicamentos em sua escrivaninha
Disfarçam as dores para que suas lágrimas
Não permitam que os "demais" percebam o seu fracasso
Estar bem, no auge é o que motiva.

Mas percebe-se que as quedas
Por mais dolorosas e provocadas pelos nossos instintos
Fortalecem o ser, enriquece a alma e fortalece o corpo
Ou acha que ao aprender a andar, já foi caminhando sem cair?

A vida usando a frase clichê: "É para ser vivida"
Entretanto, o medo nos impede de ver essa beleza
Em uma breve conversa com a médica a mesma disse-me:
"Você tem a opção de viver feliz e bem, por que não o faz?"

Seja grato pelo pouco que possui 
Abrace o quanto puder e quem quiser
Beije ate perder o fôlego
Agradeça e veja a beleza que há em você

No livro da vida
Há inúmeras páginas preenchidas
E as próximas que estão por vir
Escreva-as com o auxilio de DEUS. 


Escrito por: Saymon Viegas! :^)







( ) Read more

domingo, 16 de julho de 2017

0 comentários

Alvorecer

Apresento-me a ti
Uma parte imperfeita do meu eu
Tímido pela confusão dos dias
Amedrontado com os monstros do pensamento

Irei por vezes me esquivar dos sentimentos
Camuflar emoções que afloram em meu ser
Poderei derramar algumas lágrimas
Sorrir e fazer piadas em momento importunos

Direi a ti palavras que já não acreditava
Farei que o meu ser se entusiasme ao receber o seu sms
Veja que o "ei" imposto em quase todo inicio
Diz a mim que você é parte do meu futuro

Sim eis que um sentimento ferido
Requer um tratamento intenso e minucioso
Onde qualquer deslize fará que o receio
Crie antídotos para a beleza que há de surgir

Mas como sempre somos surpresos pelo autor da nossa vida
Tendo o seu Amor incondicional sendo derramado a cada um
Fez que propósitos e medos distintos fossem cruzados
Seríamos capazes de prever isso? Certamente que não...

Hoje após algumas reflexões e papeis amassados 
Permito-me a você como um ser que anseia novamente voar
Como a águia enxergar um horizonte que estava escondido
Fazendo o Meu por-do-sol o encontro do alvorecer do seu luar.


Escrito por: Saymon Viegas :^)


( ) Read more

domingo, 21 de maio de 2017

0 comentários

Feeling

É possível perder o encanto do escrever
Do ser e permanecer presente seja
Em versos escritos por caracteres confusos
Ou simplesmente soltados como suspiros no ar?

Afogar-se na maratona da falta do tempo
Onde ideias brilham e formam quebra cabeças imaginários
Dificultando o entendimento real se
O que está à minha frente é para seguir.

Sim respirar é preciso
Um fôlego novo para encarrar a maratona
Mas onde busca esse ar?
Veja..Uma chuva de nãos caindo em sua direção

Ambientes que antes percorridos com leveza
Tornando-se desertos inabitáveis 
Aquele caminhar em uma rota
Não localizada pelo GPS

Espere..Um novo amanhecer se faz
NEle e com Ele a certeza do caminhar
Ah jovem...não trilhe segundo os seus instintos
Guiado pela impulsão do façam a minha vontade

Pois verá que pensando dessa forma
A decepção e as dores serão maiores que sua alegria
Deixe que o teu querer seja acima de tudo
O querer do seu Criador, Seu amigo Nosso Senhor!


Escrito por: Saymon Viegas! :^)






( ) Read more

terça-feira, 14 de março de 2017

0 comentários

Itinerário

Não há um endereçamento
Ou algo que me diz qual enredo seguir
Possivelmente escrevo uma história
Passeando por roteiros distintos

Acaso rabisque um verso em sua folha
Aprecie o acaso dessa ocasião
Há de perceber um pouco de mim aí
Com sinais claros de emoções

Entenderei se fizeres delas
Um rascunho para algo mais lúcido
Aliás solicitastes uma expressão assim?
Coloquei-me sem pedir licença 

A lata de lixo me fez companhia
Em meio ao amassos que fui alojado
Desvendo um código cuja resposta 
Foi direcionada ao destinatário...


                                                        
Escrito por: Saymon Viegas! §"^)
                                                                                                       



( ) Read more

sexta-feira, 3 de março de 2017

0 comentários

O Falar do Pensar

Ei aproxime-se  
Não tenho contra indicações
Pode aconchegar as suas histórias
No colo do desconhecido amigo

Veja como o céu está estrelado
Imagine que as estrelas
São partes de uma vasto universo
E por si só conseguem oferecer essa sensação maravilhosa

Desculpe no momento sou ouvinte
Empolguei-me com o fato de ter alguém para dialogar
Dizia-me o que mesmo?
Espere, nem o nome deixei mencionar?

Certo, vamos recomeçar...
Prazer sou seu desconhecido amigo
Acomode-se como achar melhor
Há um vasto espaço aqui

Um breve silêncio quis invadir
Assobios de ansiedade para ouvir a voz
Inibiam-a ainda mais
Via-se apenas um olhar distante para o horizonte

O quê? As palavras não querem sair...
Será que já tem tempos que ela está aqui
E a minha imaginação falou tudo isso por mim?
Então olhei e ofertei um sorriso...cujo resultado é um "paradoxo ambíguo".


Escrito por: Saymon Viegas!(^:"


( ) Read more
Best viewed on firefox 5+
Copyright © Design by Dadang Herdiana